sexta-feira, 23 de julho de 2010

O Isopor e suas diferenças!


Pessoal, hoje vou falar um pouquinho sobre as diferenças do isopor. Muita gente, por não saber a diferença, as vezes compara valores, e não entende o porque de um decorador cobrar mais caro que outro, não sabe que talvez a diferença esteja justamente na matéria prima.

Aqui em Campo Grande - MS, a revenda de dois tipos de isopores: o chamado Isopor de Papelaria, e o Isopor de decoração. 

ISOPOR DE PAPELARIA
É o mais fraco, mais maleável, e suas bolinhas chegam a medir 5 mm ou 0,5 cm de espessura. Eu já fiz enfeites de decoração com este tipo de isopor, e o arrependimento foi tanto, que hoje esses enfeites não existem mais. Joguei tudo fora.
- Primeiro, é ruim pra esculpir, ele quebra fácil. 
- Segundo, é ruim pra lixar, os poros do isopor não fecham, e novamente, quebra fácil na hora de lixar. 
- Terceiro, por não fechar os poros, na hora da pintura, você olha o enfeite e vê que foi feito com isopor de papelaria, pois fica bem visível os poros.
- Quarto, não adianta massear (passar massa corrida), pois por ser um isopor fraco, a massa corrida pesa, e fica mais fácil ainda de quebrar. 
- Quinto, se você resolver fibrar uma peça feita com este isopor, como foi o meu caso, é jogar dinheiro fora, pois está usando matéria prima fraca e barata, e cobrindo com o véu ou manta de vidro que é caro. O resultado não sai bom. 
Este tipo de isopor é mais usado por estudantes, pra fazer trabalhos escolares, placas e etc. pra esculturas não é bom.

ISOPOR DE DECORAÇÃO
Este sim, é ótimo para esculpir, suas bolinhas chegam no máximo a 2 mm ou 0,2 cm de espessura. É um isopor mais firme, fácil pra lixar, os poros fecham, deixando uma aparência lisa. Ao passar a tinta, depois o verniz, fica muito bonito, liso, nem parece isopor.

Abaixo eu coloquei algumas fotos, de base de isopor pra bolo falso. Os redondos, eu comprei em uma loja da cidade, são feitos com isopor de papelaria, e as bases quadradas, eu que recortei, feitos com isopor de decoração. a diferença é bem visível.

A diferença de preço desses isopores é bem diferente, o isopor de decoração tem um valor mais elevado e não encontra em papelarias, é mais encontrado em lojas especializadas. Por isso, muitas vezes, o valor de um decorador para outro tem muita diferença. Por isso ao comprar uma peça, pergunte que tipo de isopor é usado na fabricação, assim, você poderá comparar valores da forma correta.

Espero ter ajudado, abraços, ate a próxima! 

Meu primeiro tema esculpido - Moranguinho

Olaa... hoje quero mostrar um pouquinho do meu trabalho com isopor... como tudo começou.

Depois do trabalho com caixas em MDF, janeiro de 2008, estava chegando perto do aniversário da minha princesinha Gaby, que seria em Junho. Então comecei a pesquisar sobre DVDs, apostilas de trabalhos em isopor, e simpatizei com o DVD de Esculturas em Isopor da Prof. Bel Godinho. Fiz logo minha primeira compra  com ela, o tema da Moranguinho que sou apaixonada, e também o DVD de esculturas. Foi ai que comecei a aprender a esculpir. Mas todo trabalho, pra dar certo, tem que ter muito treino e muita perseverança, e era a primeira vez que começava a esculpir, fazer esculturas 3D. Levei 3 meses pra fazer tudo, pois sou um tanto detalhista, e sempre quero o melhor. Eu fiz todo o cenarios com as esculturas em isopor, e também pintei o painel, com tinta pra tecido, num tamanho de 3 x 2 metros de algodão puro.
O tema é composto por:

- Casa Moranguinho com iluminação
- Casa Uvinha com iluminação
- Pocinho de Jardim
- Carriola de flores
- Piruliteiro Sol
- Boneca Moranguinho Fibrada
- Égua Pão de Mel Fibrada
- 2 Arvores grandes de 55 cms
- 3 Arvores pequenas de 38 cms
- Balancinho
- Letras em forma de morangos

Agora estou refazendo este tema, pois tive outras idéias pra melhorar, e logo estarei colocando fotos do novo tema Moranguinho.

Abraços a todos e espero que tenham gostado.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Canelone de presunto e queijo ao molho branco... hummm!!!!

Clicia'rts, nao é só trabalhos manuais.. rsrrs eu também adoro fazer arte na cozinha... rsrrs vejam isso...

Hoje fui fazer o almoço, ou pelo menos dois pratos... do almoço em minha casa... rsrrs e gente.. adoro cozinhar, se vocês não sabem... rsrrsr  Mas o melhor elogio, acho que veio a um mês atrás, quando ouvi de uma pessoa que almoçava em minha casa: Humm Helaine, você cozinha muito bem!!!  Bem.. na verdade, o que gostei não foi bem a frase, mas quem falou... rsrrs deu pra vocês entenderem né?? rsrrs Mas vamos lá... hoje resolvi fazer Canelone de presunto e queijo ao molho branco, e acho que to virando "blogueira" kkkk será que é assim que fala??? alguém me diz se eu estiver errada.. mas lá estava eu na cozinha de máquina fotográfica na mão pra ir tirando as fotinhas.. rsrrrs Mas vamos ao que interessa...

Eu tenho uma cliente, a Clotilde, muitos aqui da cidade a conhecem, porque ela faz umas massas prontas pra vender que realmente são deliciosas... e bem práticas pra quem vai pra cozinha com pressa como eu.. rsrrs Então, eu ganhei umas massas dela, quando ela veio me encomendar aquele bolo falso de bodas de prata que tá na outra matéria. Essas massas servem pra canelone, lazanha, acho que ravioli também. 


Vou fazer mais ou menos um passo a passo aqui, e quem tiver dúvida, depois me pergunta nos comentários.. ok??


Primeiro, você coloca a massa sobre a mesa, cobre com fatias de presunto e queijo, pra quem gosta, salpica um pouco de orégano, e enrrola como um rocambole e deixa embrulhado num plástico enquanto você vai fazer o molho branco, assim ele pega o formato.

Em seguida, coloque em uma panela 3 colheres (sopa) de margarina e leve ao fogo para derreter, e acrescente 3 colheres (sopa) de trigo peneirado e misture bem, formando uma massinha mole, vá acrescentando leite aos poucos e dissolvendo essa massinha, sem deixar empelotar. quando estiver quase liquido tudo, acrescente umas 100 gramas de queijo ralado e continue mexendo, vai ficar meio elástico esse liquido. Então desligue o fogo e acrescente meia caixinha de creme de leite. Esta pronto seu molho branco, se achar que está meio sem sal, acrescente um pouquinho e prove, pois eu compro queijo ralado salgadinho então não uso colocar sal. Olhe nas fotos pra saber como fazer.

Coloque em uma travessa, que possa ir ao microondas ou forno, um pouco do molho e espalhe. Em seguida corte o rocambole em fatias de mais ou menos 2 cms e coloque na travessa. 

Depois cubra as rodinhas com o molho branco e salpique queijo ralado por cima. Quem gostar.. pode acrescentar em cima, orégano, também fica bem gostoso. 

Leve ao microondas por 5 minutos ou ao forno por 15 minutos ou ate o queijo de cima derreter... pode ser acompanhado de salada verde e arroz branco.


Se tiver uma companhia maravilhosa, pode acompanhar um vinho branco seco. Agora se a companhia maravilhosa for menor, como a minha princesinha Gaby, rsrrs pode tomar com suco de uva (o suco que ela ama.. rsrrs) 

Espero que tenham gostado... qualquer dúvida, só postar comentário que eu respondo.

bjss a todos e até a próxima...






terça-feira, 20 de julho de 2010

"Iniciando meu negócio de festas!"



Muitas pessoas tem me procurado no orkut, msn, email, perguntando como começar um negócio de festas infantis. No pouco que conheço, deste ramo, entendo que o principal deve ser o amor ao trabalho, alias.. em todos os ramos.. rsrrs mas acho que nesse ramo principalmente... pois estamos lidando com um público muito criativo, alegre e muito, mas muito exigente: as crianças. É um publico muito bom de trabalhar, pois você pode medir se seu trabalho está bom ou se deve melhorar. Bem, pessoas que trabalham já no ramo de Festas de casamento, bodas, 15 anos, vai sentir uma certa dificuldade, pois o público infantil pede: Quero uma festa dos Backyardigans! Se você nunca viu o desenho, não saberá direito o que é. (aconteceu comigo.. rsrrs pode crêr!) Por isso recomendo sempre, que ao pegar uma festa pra fazer, assista o desenho, compre livros de colorir, faça pesquisas na internet, buscando sempre ser o mais original ao desenho possível, pois se o seu cliente não gostar.. ele dirá isso pra você, mas se gostar, você terá um cliente fiel, pois as crianças são muito autenticas. Elas não olham os valores, elas olham a qualidade, a autenticidade, o fiel, ao contrário de muitos pais, que buscam as vezes "uma coisinha simples" e que várias vezes não realiza o sonho da criança. Então ao comprar um tema, olhe com carinho as esculturas, tente entrar na fantasia daquele tema e estará agradando a muitos.


Mas a grande pergunta: "O que eu compro primeiro, qual tema?? Não tenho muito a investir neste inicio."

Um tema simples que recomendo, é o tema Jardim. Você pode compor este tema com árvores, flores, cogumelos, borboletas, abelhas, libélulas, caracóis, minhoquinhas... tudo o que vier relacionado a Jardim. Tendo este tema básico, você poderá montar vários outros temas acrescentando ou tirando peças, como os temas: Sapinho, Abelhinhas, Jardim, Florestinha, Tinkerbell, Ursinho Pooh, Smilinguido e vários outros... 



Uma festa, não precisa seguir a risca o que foi mostrado em certa revista, o importante é que o tema principal fique em evidência. Pode ter certeza que a festa ficará linda, com um toque especial seu!




Aqui mostro algumas fotos de esculturas e moldados, feitos por mim, que podem ser usados no tema Jardim.



Outras peças que são importantes ter, são as chamadas esculturas coringa, ou seja, vão servir pra vários temas. Essas peças são: castelos, lagos, cachoeiras, pontes, luminárias, postinhos de luz, chafariz, pocinhos, balancinhos, coretos, entre outras.

Na próxima matéria, vou tentar falar um pouco dos temas especificamente e as faixas etárias. Espero ter ajudado um pouco aos iniciantes. E qualquer dúvida, estou a disposição pra responder, só enviar um email ou comentario. 

Abraços e espero que tenham gostado!!!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

As primeiras Lembrancinhas...

Minhas primeiras lembrancinhas, foram pra lembrança de maternidade da minha filha, eram ursinhos pra combinar com o enfeite de porta. pra primeiro trabalho em fôrma, achei até que ficou legal.. rsrrs O que nao ficou legal foi a foto... que nao saiu tão nitida.. rsrrs mas fazer o que, era a máquina que tinha no momento.. rsrsr

Logo depois, um amigo , o Sandro Campagnol, de Santa Barbara d'Oeste - SP, encomendou umas abelhinhas, pra lembrancinhas de uma festa que se realizaria em Campinas... ai ai ai... foi meu primeiro trabalho de modelagem sem aula... eles gostaram... rsrrs  mas eu vi que tinha que me aperfeiçoar nessa área... entãoooo......

Veio a primeira aula e logo depois o primeiro pedido de lembrancinhas de maternidade pra minha priminha que iria nascer.




Comecei a treinar com a massa.. e depois vieram outros pedidos... e hoje estou confeccionando lembrancinhas de maternidade, batizado, aniversário,  15 anos, noivado, casamento, bodas, brindes para empresas... e graças a Deus tenho me saido bem... 


Agora alugo pra buffets ou aniversariantes, bolos falsos de biscuit  também. 


O bolo na foto abaixo, foi o último que confeccionei semana passada pra bodas de prata. 




Espero que tenham gostado... amanha postarei uma matéria de escultura em isopor que estou fazendo.


Aguardo os comentários... bjs a todos e boa semana...

domingo, 18 de julho de 2010

Como tudo começou...



Há muitos anos atrás, em 2001, fiz meu primeiro trabalho no isopor, pra agradar meu sobrinho, nessa época eu já colecionava revistas de festas e decorações, pois tinha paixão por trabalhos manuais. Na verdade, eu não sabia nomes nem nada... como hoje, que podemos falar, pintura chapada, ou semi-escultura ou escultura, entre outros. Então fiz essa pequena decoração de parede, pintura chapada. Mas não foi ai que começou... rsrsrs


Muitos anos depois, abril de 2007, o Clicia'rts teve inicio na gravidez da minha filha Gabryella. Na verdade, eu não sabia que uma terapia se tornaria meu trabalho um dia.
 Como eu disse, eu sempre gostei de trabalhos manuais, e como estava tendo problemas na gravidez, devido a muita tensão e o medico recomendou eu fazer algum tipo de artesanato.

  Fui em uma aula, em uma loja da cidade, pra aprender como fazer a massa de Biscuit, pois estava determinada, a eu mesma fazer as lembrancinhas de maternidade da minha filha. Só que enquanto eu assistia a aula, tinha uma aula ao lado de pintura de caixas de MDF, e como sou muito curiosa, prestei atenção nas duas aulas.. rsrsrsrrs e adivinhem só, marquei uma próxima aula, mas agora pra aprender a pintar as caixas...E foi assim que começou meu trabalho... ou melhor, terapia. 

Então surgiu minha primeira caixa. ainda sem muita experiência em pintura, mesmo assim, uma amiga quis comprar dias depois e foi a primeira peça vendida. E logo depois surgiu a segunda, terceira caixa... e tudo vendendo... o início de um pequeno negócio. 


Algumas peças eu ainda estava fazendo acabamento, e clientes já compravam mesmo antes de terminar. 


Fui aprimorando as técnicas, pintura simples, vitrificação, pátina, decoupage e o biscuit dava os detalhes... e logo surgiram caixas e mais caixas, uma melhor que a outra...

Estava gostando muito de pintar caixas, surgiu o joguinho de quarto da Gaby, composto de cestinho, farmacinha, e caixa porta trecos.





Esse jogo eu fiz em patina esponjado branco e rosa, com muitas florzinhas minúsculas em biscuit e decoupage.

Mas ainda faltava, o enfeite de porta e as lembrancinhas....

Ganhei da minha prima o enfeite de porta, e apenas reformei com nova pintura e o nome da Gaby.


Logo começava um novo ramo também.. rsrrs as reformas em peças. 



Mas isso.... já é uma outra história que contarei amanhã... rsrrsr
bjssss